10 de janeiro de 2018

Eu e os meus penpals - como funciona?

Olá!!
Recentemente publiquei uma imagem no Instagram do blog @suspirosdabea e várias pessoas perguntaram-me o que era isso do snailmail e do penpalling e como é que isso funcionava, por isso decidi explicar aqui toda a minha experiência.


Sempre achei giro trocar cartas. Desde pequenina que enviava cartas para as minhas melhores amigas, mesmo vivendo a poucos metros delas. A sensação de estar à espera de uma carta e de um dia, sem contar, encontrá-la na caixa do correio enche-me o coração. Sempre gostei de procurar selos giros e colocar o mais bonito na carta e decorar com desenhos. Considero o ato de escrever uma carta, de dedicar algum tempo a escrever para um amigo, um ato maravilhoso. Sinto-me bem ao fazê-lo, fico contente por estar a partilhar o que mais gosto, com a minha letra mais bonita e com uns autocolantes todos giros a acompanhar.


Há cerca de dois anos, em julho de 2015, criei uma conta gratuita no PenPal World, criei o meu perfil com as minhas informações, expliquei que estava a estudar na Universidade, que adorava trocar cartas escritas (snailmail) com as pessoas, mas que também não me importava de falar por email. Descrevi os meus gostos literários, cinematográficos, contei que estava a aprender alemão, por isso era espetacular falar com alemães para desenvolver a língua.
Com o tempo fui procurando perfis de outras pessoas e depois de ler a descrição de alguém que parecia ter os mesmos gostos que eu, mandava-lhes uma mensagem e se a conversa fluísse, passávamos para emails ou então começávamos a trocar cartas todos os meses.

Já tive penpals que simplesmente desapareceram, pararam de responder ao fim de uns meses e outros que se mantêm e com que eu adoro falar, conversar sobre filmes, livros ou simplesmente o dia-a-dia.

Não estejam à espera que vos respondam todos os dias, porque é normal que as pessoas não vão sempre ao email ou queiram responder imediatamente e caso seja carta, contem com umas semanas de espera. Também não esperem que as pessoas vos enviem coisas gratuitas, porque estão a conhecer-se e porque podem simplesmente não querer fazê-lo.


Se estiverem interessados em como eu costumo fazer uma carta para um penpal, comentem aqui que eu digo-vos o que costumo enviar e outras coisas.
Instagram - Suspirosdabea

11 comentários:

  1. Esta ideia é mesmo gira! Obrigada pela partilha :)
    Apesar de adorar escrever e de preferir fazê-lo à mão, nunca tive o hábito de enviar cartas. Até que, no ano passado, me juntei ao projeto «A Uma Carta de Distância» e isso mudou. Estou a adorar a experiência!

    ResponderEliminar
  2. r: Muito obrigada :)
    Foi criado pela Melanie [That Girl] e podes saber mais sobre ele aqui: http://that-g-i-r-l.blogspot.pt/2017/01/a-uma-carta-de-distancia.html

    ResponderEliminar
  3. Adoro escrever, adoro receber cartas. Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. Adorei o post! Segui o teu blog, podes seguir o meu? :)

    www.aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Eu acho esta ideia super fofa! Por acaso é algo que nunca fiz.
    Beijinhos, www.thefancycats.pt

    ResponderEliminar
  6. Adorei o conceito acho que vou experiemntar.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Não sou muito de enviar cartas. Já tentei isso mas acabei por deixar de responder. Eu já sou distraída com mails quanto mais escrever mesmo cartas xD nao é pra mim infelizmente. Admiro quem o faça porque é super giro
    Beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.