8 de agosto de 2016

Fogos que poderiam ser evitados

Todos os anos por esta altura surgem imensos fogos por todo o país que devoram casas. Todos os anos surgem bombeiros que têm um espírito heróico e que dão o seu melhor para salvar a população deste perigo que é o fogo. No entanto, se a população tivesse um minímo de inteligência podia evitar este tipo de acontecimentos. Seria tão mais fácil se se limpasse os matos e as áreas à volta das casas... mas nós portugueses que gostamos tanto da inatividade deixamos as coisas andar e depois quando isto acontece é que nos queixamos das casas que se perdem. Sempre ouvi dizer que mais vale prevenir do que remediar, mas por aqui prefere-se lamentar depois do erro.
Todas as pessoas (senhorios, moradores) deveriam ser obrigados a limpar a erva seca e tudo isso numa área de 30m à volta da sua casa. E quem não o faz devia levar grande multa pois põe em risco a vida dos seus vizinhos. Esquecemo-nos que morrem bombeiros ao salvar-nos dos nossos erros. Gasta-se tantos milhões em tretas no nosso país mas nunca se aposta na prevenção. Não... é mais fácil apagar os fogos. Nem falo da existência de tantos eucaliptos, uma praga que nem sequer é nacional. Para quem não sabe os eucaliptos são como a gasolina, incendeia logo. Se tivessemos os nossos carvalhos que demoram mais a pegar seria muito mais fácil. Tudo porque há gente ingénua e maldosa.

P.s. - escrito no telemóvel, desculpem mas não me ajeito com este teclado.

6 comentários:

  1. o problema não são os moradores, porque se o estado vir alguém nas matas a limpar, ou mesmo à volta de casa, levam uma multa. enquanto devia ser ao contràrio.

    ResponderEliminar
  2. Porque é que o Estado haveria de multar uma pessoa que está a limpar o mato e a ajudar?!

    ResponderEliminar
  3. isso eu ja não sei, só disse o que ouvi

    ResponderEliminar
  4. é um assunto que me mete muita confusão...

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.