30 de junho de 2016

Não, não sou bêbeda

Olá!
Creio que vos chamei à atenção pelo título, certo?
A verdade é que vos queria dizer que hoje em dia, cada vez mais, os jovens da minha idade ou ainda mais velhos acreditam que para se divertirem à brava necessitam de estar bêbedos ou então quase. Acredito que isso não é verdade e admiro imenso as pessoas que conseguem manter-se fiéis aos seus ideais e vontades tal como não beber e não ceder perante a pressão dos 'amigos'' que os apelidam de infantis ou fracos. Não devemos ser obrigados a fazer uma coisa que não queremos e quem disser o contrário, então não é nosso amigo nem nada parecido.
Simplesmente gostava que as pessoas percebessem que os excessos nunca são bons e que ninguém tem de provar nada a ninguém. Logo não se armem aos pícaros e não tentem impressionar através da bebida, porque, no fim, só fazem figura de estúpidos.

8 comentários:

  1. Concordo plenamente e aplaudo. É pena o mundo não ter mais pessoas que pensem como tu.

    ResponderEliminar
  2. Olá Bea, à quanto tempo!
    Obrigado pela mensagem de parabéns!!

    É tão bom saber que não sou a única a pensar assim. Eu dizia que parecia "uma mãe" porque no S. João vi cada figurinha graças à bebida e só sabia dizer:
    - Não pensam!?
    - Isto era mesmo necessário?!
    - A sério!
    Uns a vomitar pela rua, centenas de homens (rapazes e homens já feitos) a fazer as necessidades contra alguma parede, outras raparigas nem se levantavam...
    Era lamentável!

    Eu bebo sim, muito pouco. Quase nada!
    No aniversário um bocadinho de champanhe, no ano novo um bocadinho de Bailey's ou assim. Mas é uma coisinha de nada, e nem eu quero nunca ficar "bêbada"!

    Um beijinho!!

    ResponderEliminar
  3. basta ter a companhia certa e terás diversão na certa

    ResponderEliminar
  4. Eu nunca bebi e sempre me diverti! :) Estou contigo!
    :)
    Segue-me em http://sarahinwonderland300.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Fiquei alegre, nem sequer foi bêbeda, pela primeira vez na minha vida na queima este ano e tenho 24 anos. No entanto, sou da mesma opinião que tu: não precisamos de chegar a esse estado para nos divertirmos. Divirto-me porque tenho as pessoas certas comigo, não pela quantidade de copos que deito a baixo.

    r: Espero que tenha corrido tudo bem!

    ResponderEliminar
  6. Nunca gostei de álcool, por isso nunca bebi. Provo, mas não bebo. Orgulho-me disso.

    ResponderEliminar
  7. r: Ainda me falta saber uma nota, mas o primeiro ano está todo feito :)

    Isso é horrível, porque as pessoas têm que respeitar as opções de cada um. Felizmente, nunca tive esse problema, porque os meus amigos sempre aceitaram o facto de não beber a esse ponto (nem lá perto). Uma coisa é brincar, outra coisa é fazer alguém sentir-se de parte só por não fazer o mesmo que os outros

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente parece que só se divertem com álcool..



    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.