6 de janeiro de 2016

Porquê triângulo amoroso?

Olá!
Quando estava a rever um desafio literário na internet, deparei-me com uma frase ‘’Read a book with a love triangle’’ e comecei a pensar e percebi que, até agora, cerca de 90% dos livros que eu li e leio envolvem sempre um triângulo amoroso. Normalmente, o personagem principal está envolvido numa destas situações. Inicialmente, gosta de um personagem, depois com o tempo surge outro e começa uma certa rivalidade entre as duas personagens que ele gosta. Em alguns livros até surgem momentos em que os rivais parecem dois pavões a exibir-se perante uma fêmea – ridículo. Acho que se pensarmos nisto conseguimos enumerar logo uma data de obras onde isto acontece. Vou dar alguns exemplos Twilight, Jogos da Fome, Cidade dos Ossos, Seleção e tantos outros…
Imagem de grunge, stairs, and indieDe facto não entendo porque é que quase em todas as histórias têm de haver um triângulo, porque é que não podem ser só duas pessoas como na Wish Girl ou então uma – porque não é necessário um livro abordar sempre uma relação, nem a personagem tem de acabar sempre bem com a sua alma gémea.- . Provavelmente os autores fazem isto, porque os leitores gostam de criar uma espécie de equipa, do género ‘’Team Peeta’’ ou Team Gale’’, talvez seja para levar mais gente a ler e descobrir com quem é que o personagem principal vai ficar. Não sei, apenas penso isto. Só porque não entendo porque é que tem de ficar sempre com alguém, deveria haver um livro onde a personagem é disputada por dois indivíduos e depois ela não quer saber e fica sozinha e bem. Parece que é obrigatório ficar com alguém, até parece que se não tiver uma relação o personagem vai ser infeliz. Aposto que há uma história assim, quem conhecer que me avise.

Já agora, acabei ontem de ler um livro chamado Red Queen e sem querer fazer grandes spoilers aviso que aí ultrapassa o triângulo, pelo menos nos primeiros tempos. O problema é que eu adorei o livro e quando vou a recordar uma parte substancial foi à volta dessas rivalidades entre a sombra e a chama.

6 comentários:

  1. É bastante curioso sim, talvez a maioria das histórias sejam assim por ser o que a maioria da sociedade gosta e aprecia. Se reparares, as novelas são exatamente a mesma coisa! Mas claro, há sempre exceções, basta procurar :)

    ResponderEliminar
  2. r: Oh, isso é que é uma chatice. Mas de certeza que vais encontrar alguém conhecido :)

    ResponderEliminar
  3. Percebo perfeitamente o que dizes, ultimamente também me aborrece muito que todos os livros tenham um triângulo amoroso. Quanto ao romance, sou um pouco ao contrário, leio de tudo um pouco desde que tenha romance :b Por causa disso não tenho muitos que possa recomendar, mas As Mentiras de Locke Lamora só tem uma pequena sugestão de romance e eu adorei o livro!
    Boas leituras ^-^

    ResponderEliminar
  4. Agora que falas nisso vejo como é verdadeira a tua afirmação. Há livros de crónicas ou de dissertações que são diferentes, mas lá está, normalmente não contam uma história.

    ResponderEliminar
  5. Acho que livros assim tornam-se mais interessantes :)

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.