6 de dezembro de 2015

Comic Con Portugal 2015

Olá!!
Ontem foi o dia em que fui à Comic Con Portugal. Foi um dia perfeito! Fui com a minha melhor amiga e chegámos lá bem cedo o que ajudou, porque assim ficamos quase no início da fila e digo-vos que só entramos oficialmente eram 11 horas e chegamos lá às 8:40, por isso imaginem o tempo que demorou para quem chegou mais tarde. Era uma fila gigante que dava quase a volta à Exponor. Quando finalmente entramos sentimo-nos perdidas, porque era um espaço gigante… Começamos por visitar os expositores e até tiramos umas quantas fotos, naquelas máquinas que imprimem as fotos. Andava tanta gente por lá, que por vezes até era difícil de passar, mas o ambiente era espetacular. As pessoas eram extremamente simpáticas e não se importavam nada de tirar fotos ou de explicar onde ficava determinado sítio. Havia tantas lojas com mochilas, livros, roupas e tudo ligado a anime, séries, filmes e tudo o mais. Só era pena ser tudo tão caro, porque realmente se não tivéssemos atenção bem que gastávamos tudo naquelas coisas mágicas. Quando lá cheguei ia com o intuito de comprar um Funko da Katniss, mas estavam todos esgotados fui a uns 6 expositores e não havia nenhum. Havia tanta coisa do Star Wars que acho que a maior parte dos fãs sentiram-se perdidos e tentados. Aliás podíamos tirar uma foto com a nave e a certa altura até houve um desfile com o Darth Vader e uns quantos Stormtropers. Parece que por momentos ficou tudo em silêncio.
Amo o Iron Man!!
A maior parte das pessoas fez cosplay e nota-se que se dedicavam imenso, aliás até havia uma zona do SOS Cosplay onde se podia arranjar o fato. Eu apenas levei uns óculos tipo Steampunk, mas mereceu uns quantos elogios, apesar de ter perdido algumas peças pelo caminho. Depois fui a um Q&A com o John Nobel e tenho de vos dizer que foi mágico, ele foi tão simpático e contou histórias sobre a vaca Jean (da série Fringe) e mais que tudo disse, apesar das suas personagens serem sempre maus pais, que gostaria de estar outra vez com os pais dele e dizer que os amava, aliás salientou várias vezes para aproveitarmos o tempo que temos com as pessoas que gostamos, porque nunca se sabe.
Mais tarde conheci a Samantha Shannon e fiquei tão contente por ouvi-la falar sobre o seu livro e a sua experiência no mundo editorial. Foi extremamente simpática e fofinha. Fiquei histérica quando recebi o seu autógrafo.

Posso dizer que para o ano estou lá outra vez, mas desta vez faço Cosplay à séria e levo Benuron, porque saí de lá com uma dor de cabeça que nem vos conto. Só achei mau o facto de se ter de pagar 20 euros pelo autógrafo de certas pessoas.
 
BTW só foi pena ter visto umas 10 Harley Queen ou mais, pena não ter tirado uma foto com o Loki...

1 comentário:

Elimino comentários ofensivos.