5 de novembro de 2014

E é por isto que as eleições das listas nas escolas são...

Olá!
As listas na minha escola já começaram, se bem que muito tarde em relação a outras.
Esta semana anda tudo doido e animado. No refeitório estão três listas que parecem viver num combate contínuo.
Eu gosto que a escola esteja mais animada, que existam atividades e que decorra sempre algo nos intervalos. Mas o facto de o refeitório estar totalmente preenchido chateia-me. Uma pessoa já nem pode comer à vontade porque há sempre muita música e muita confusão. Eu não queria discutir gostos musicais, mas passar o mesmo tipo de música a toda a hora é muito irritante, ainda por cima, se for tudo brasileiro. E quando dão estas músicas há sempre umas raparigas a abanarem-se literalmente para uma multidão, que se for preciso sobe para as mesas para ver melhor. É mesmo necessário, para destacar uma lista haver raparigas com as chamadas ''roupas artísticas'' a fazer o creu? Isso é que é levar a música da Taylor Swift ao extremo. Mas vá distribuam croissants e donuts à vontade, com isso a gente já não se importa.
Afinal para que servem as listas? Para distribuir comida, para dar espetáculos no mínimo desnecessários ou para melhorar a escola e fazer com que os alunos sejam ouvidos? Bem, acho que não serve para nenhuma destas opções. Ao longo de todos estes anos, nunca vi uma lista que depois das eleições tenha feito alguma coisa de diferente. Os jogos de futebol e a viagem de finalistas a Espanha já são tradição. De resto, não estou a ver mais atividades que envolvam os alunos.

Ó esperem já me lembrei a melhor coisa das listas é quando trazem alguém da Casa dos Segredos. É genial! Todos anos chegam lá pessoas que apareceram na televisão, a fazer os discursos mais talentosos de sempre. Só a mim é que ninguém paga para chegar à escola de limusina e para tirar umas fotos. Fico mesmo triste…

helga | via Tumblr
Por aí acontece a mesma coisa?

5 comentários:

  1. Só faz sentido criar uma lista se existirem objetivos concretos e os quais se pretendem cumprir

    r: Sempre tive quem cozinhasse para mim, por isso acabei por me desleixar nesse sentido. Só este ano é que comecei a experimentar umas coisas, mas tudo muito básico, o suficiente para saber que não morro à fome. No entanto, não me aventuro a cozinhar para os outros.
    A comida das avós e das mães sabe sempre bem (no meu caso também posso incluir o meu pai)

    ResponderEliminar
  2. Sim, os meus colegas de turma praticamente todos fazem parte da que ganhou e só se preocupam com festas. Enfim.

    ResponderEliminar
  3. :-/ bem melhor do que a tua escola não ter associação de estudantes

    Visita o meu blog, novo post
    hashtagwwu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Na minha escola, as listas não faziam nada. Mas nada, mesmo xD Isso das listas era uma autêntica estupidez...todos os anos prometiam coisas, mas nunca cumpriam o que quer que fosse. Parecia que concorriam só para ficarem com o estatuto de "presidentes" e sei lá mais o quê...

    ResponderEliminar
  5. As listas na minha escola são no fim do ano letivo que elegem para o outro ano! Realmente depois não se vê nada de diferente.

    Um grande beijinho

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.