29 de setembro de 2014

Puros - Julliana Baggott

Olá!
Hoje venho falar-vos sobre o último livro que li. chama-se Puros e foi escrito por Julliana Baggott. Mais uma vez, a ação passa-se num cenário pós-apocalíptico. E eu tenho um especial interesse por este tipo de livros.
Em primeiro lugar vou apresentar-vos a sinopse e só depois é que vos darei a minha opinião sem spoilers.

Sinopse: «Depois de uma série de detonações atómicas destinadas a exterminar grande parte da Humanidade, apenas uma pequena elite de puros deveria ter sobrevivido, protegida dentro da Cúpula até que a Terra se regenerasse por completo. Mas não foi isso que aconteceu... Muitos foram os que sobreviveram às explosões, deformados, com mutações terríveis, refugiados entre as ruínas da cidade, num clima de opressão por parte da milícia entretanto formada, que os aterroriza e explora. 

Pressia Belze é uma jovem de 16 anos, uma mutante que tenta fugir à milícia; Partridge é um rapaz da elite, um Puro atormentado pela suspeita de que um plano secreto está a ser desenvolvido pela elite científica da Cúpula. Numa terra devastada, os caminhos destes dois jovens acabam por se cruzar, dois sobreviventes em busca de um futuro menos sombrio, que nem desconfiam do laço secreto que os une…»


Aviso-vos já que a autora descreve as mutações de uma maneira sensacional. É verdade que algumas são um pouco assustadoras... 
Eu gostei da história e da ideia geral que está presente neste livro. Contudo, algumas das práticas presentes no mundo dos mutantes fizeram-me muita confusão, porque são terríveis. Há uma história de amor muito bonita e sem clichés e coisas comuns que surgem nos livros e filmes só para chatear. A história está dividida de quatro pontos de vista. Duas narrações da cúpula e outras duas da vida exterior, que se vão alternando.
Gostei imenso e estou com muita pena porque em Portugal, ainda não saiu o segundo livro...
Como na capa do livro diz, as pessoas que são fãs de Os Jogos da Fome, vão adorar Puros. Eu sou a prova!

Aconselho!

4 comentários:

  1. Não é do género de livros que gosto de ler, mas até fiquei curiosa :p

    ResponderEliminar
  2. Já tinha ouvido falar deste livro, mas nunca me chamou à atenção.
    Fiquei curiosa com a tua opinião!

    ResponderEliminar
  3. R: Eu gosto de hambúrgueres mas prefiro fazer "O Dia do Hambúrguer" em casa. Grelhamos a carne e depois temos taças em cima da mesa com mil e um ingredientes - cebola, tomate, queijo, alface, bacon, cogumelos,... - e cada um faz o hambúrguer ao seu gosto :)

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Mais um que terei de ler! :) Ainda esta semana vi na FNAC.
    Obrigado por estas postagens.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Elimino comentários ofensivos.